quinta-feira, 30 de setembro de 2010

Conheça o Prof. Shin. | Instituto do Turismo

O Prof. Shin tem 44 anos, é casado e pai uma filha. Filho de imigrantes chineses, logo cedo teve que trabalhar para ajudar no sustento da família. Trabalhou para pagar os seus estudos na faculdade.

Formou-se em Administração de Empresas pela PUC/SP. Fez mestrado em Marketing pela Cleveland State University, Ohio, EUA. É doutor em Ciências Sociais-Política pela PUC/SP. Foi empresário do setor de Agências de Viagens e Eventos por mais de 10 anos. Foi coordenador de cursos de graduação e Pós-Graduação em Turismo, Hotelaria e Eventos.


Lecionou em diversas Instituições de Ensino como Universidade Anhembi Morumbi, a, Universidade Paulista (UNIP), PUC/SP, a(Araçatuba), FMU e outras. Foi pesquisador da Universidade Potiguar (Natal). É presidente da ONG Instituto do Turismo.

..:: Propostas Sustentáveis Professor Shin ::..

TURISMO, SOCIAL e LAZER
Aprovar a Regulamentação da Profissão de Turismólogo (Bacharel e Profissional das áreas de Turismo, Hotelaria, Eventos, Lazer e Gastronomia), de forma adequada e justa para todos estes profissionais;

Possibilitar a população Turismo e Lazer no território nacional, com a utilização do Fundo de Garantia (FGTS);

Incentivar a iniciativa privada a investir no lazer da população, com a adoção e criação de praças e áreas verdes e infra-estrutura sustentável em Parques;

Criar as certificações: Selo Turismo Sustentável e Selo Turismo Adaptado;

Estimular um trabalho multifuncional junto às Secretarias de Turismo e Meio Ambiente;

Implementar a utilização de parte do pagamento do pedágio em serviços da rede turística do município de destino;

Criar Brinquedotecas nos Hospitais e Unidades Básicas de Saúde (UBS), de forma a integrar os pacientes atendidos;

Qualificar os profissionais da saúde no acompanhamento dos pacientes terminais e seus familiares.
CULTURA, COMUNICAÇÃO
Desenvolver projetos de resgate e intercâmbio cultural para municípios localizados no interior de São Paulo;

Criar acesso e incentivo a leitura;

Viabilizar a comunicação entre os deputados e seus eleitores, de forma a incentivar sugestões e o acompanhamento dos Projetos de Lei durante o mandato;

Compatibilizar os projetos aprovados na Lei de Incentivo a Cultura com preços acessíveis.
MEIO AMBIENTE, ÁGUA, ENERGIA e ALIMENTO
Incentivar o desenvolvimento de tecnologias sustentáveis;

Incentivar a captação de água da chuva e reaproveitamento da água;

Desenvolver um Projeto de Lei que obrigue os eventos que ocorrem em áreas públicas a realizar estudo de impacto ambiental e sua respectiva compensação;

Incentivar a produção orgânica, inclusive domiciliar e comunitária;

Implementar a coleta seletiva e ampliá-la para mercados segmentados, como oficinas mecânicas com material de armazenamento de óleo e derivados;
ESPORTES
Incentivar os jovens à prática de esportes;

Incentivar a prática de artes marciais.
EDUCAÇÃO
Promover a qualidade do ensino nas escolas públicas (Ensino Fundamental e Ensino Médio);

Melhorar o ensino de Matemática, Português e Ciências nas escolas públicas;

Incentivar o ingresso da Terceira Idade nas Universidades;

Capacitar os gestores de ONGs com Programas de Treinamento e Desenvolvimento;

Aprimorar a performance dos professores e profissionais de educação;

Incentivar a educação continuada do jovem nas Universidades;

Impulsionar a realização de cursos profissionalizantes aos jovens;

Promover a inclusão das minorias e dos portadores de necessidades especiais nas Universidades públicas e particulares;

Negociar, junto as Universidades particulares a colação de grau dos alunos do último ano que estejam inadimplentes;

Incentivar o desenvolvimento de pesquisas científicas e novas tecnologias sustentáveis;

Criar plataforma de aplicação de cursos de reciclagem para profissionais acima de 40 anos, através de incentivo de Imposto de Renda para empresas que os forneçam;

Desenvolver trabalhos em conjunto com Universidades, qualificando alunos e ex-alunos para atuação em mega eventos, como: Copa do Mundo (2014) e Olimpíadas (2016).
TRABALHO
Incentivar a recolocação de trabalhadores com idade acima de 40 anos;

Promover a contratação de estagiários e jovens em fase de primeiro emprego nas micro e pequenas empresas;

Criar Bolsa Auxílio Solidariedade: bolsa de estudos para os alunos que desenvolvam trabalhos sociais em entidades sem fins lucrativos.
HABITAÇÃO
Incentivar construção de casas ecológicas;

Incentivar construção de casas pré-fabricadas de baixo custo.
. ..:: Visite o portal do Prof. Shin e saiba tudo o que ele poderá fazer por nós em Brasília!

Postar um comentário